Perguntas Frequentes

Até que ponto uma casa pode ser perigosa para a saúde?

poluicao_inteRior_03

Sabia que a maior parte dos edifícios têm no seu interior níveis de poluição muito superiores à poluição no exterior? E que essa é uma das principais causas de muitos problemas de saúde?

O interior de uma casa é demasiadas vezes uma armadilha para os  seus ocupantes, onde a exposição diária a certos materiais pode provocar fibromialgias, alergias, asma, intoxicações, dores de cabeça, cansaço, problemas graves no sistema imunitário e sistema nervoso, cancros, e muitos outros problemas de saúde.

A lista de situações perigosas é extensa. Campos magnéticos, radioactividade e gás radon (a segunda maior causa de cancro de pulmão, devido ao granito), ondas acústicas; toxinas domésticas e agentes contaminantes, formaldeídos, dissolventes, pesticidas (biocidas, insecticidas), metais pesados,  mofos, fungos, bactérias, ácaros, humidade, cheiros, etc. É importante solicitar rastreios e análises às habitações e locais de trabalho de forma a descobrir as causas responsáveis pelos sintomas de muitas das doenças que nos afectam.

Antes de reabilitar ou construir a sua nova casa, recomendamos a leitura do livro: Homes That Heal (and those that don’t). É importante que todos se informem devidamente e sejam cada vez mais exigentes com os materiais que usam nas suas casas.

Quando escolhemos um material, analisamos cautelosamente as suas características antes de decidimos incorporá-lo nas nossas casas, e exigimos uma rigorosa informação aos nossos fornecedores, com a garantia que não contêm produtos nocivos. Infelizmente, as regulamentações europeias não nos oferecem grande confiança (devido aos lobbies…), pelo que optamos por seguir as recomendações do Institut Bau Biologie. Por exemplo: a norma europeia standard de segurança para riscos tóxicos e químicos nos materiais é a EN 71-3. As tintas que usamos estão 7.000 (sete mil) vezes abaixo desta norma europeia!

Dos modelos mais  simples aos mais sofisticados, evitamos quaisquer materiais nocivos à saúde.

Concluíndo: as casas Green Heritage são locais seguros e confortáveis para toda a família.

Quais são principais diferenças entre as vossas casas e as outras?

As nossas casas são produzidas com base numa técnica comprovada e garantida ao longo de vários séculos, à que juntámos isolamentos em cortiça, protecções ecológicas contra insectos, e paredes ecológicas de cal, argila ou gesso. São casas extremamente robustas e duráveis, feitas para durar várias gerações, e com uma eficiência energética muito superior à esmagadora maioria das casas em Portugal.

Além disso, podem ser construídas em poucas semanas, o que permite uma grande economia de tempo e dinheiro.

Por favor, leia as várias explicações em Vantagens, onde vai encontrar dados exaustivos sobre este método de construção. Se tiver algumas dúvidas não hesite em contactar-nos.

São casas de madeira?

Não são casas de madeira. Usamos estruturas de madeira, tal como há séculos se usam, mas o resto da casa é realizado com muitos outros materiais, tais como a cortiça, rebocos especiais, cal natural, pedra, argila ou gesso. No entanto, podemos também realizar as paredes exteriores em madeira, se assim o desejar.

Qual é a durabilidade prevista para estas casas?

Como explicamos nas Vantagens, as nossas casas são inspiradas nas famosas colombage, sendo que a fórmula que usamos é ainda mais protectora, dado que revestimos completamente as casas com aglomerado negro de cortiça, um material extraordinariamente durável e imputrescível.

Como todos sabemos, os maiores problemas responsáveis pela danificação das casas são a sua estructura e a deterioração devido á humidade. Por isso, a combinação entre estruturas anti-sísmicas em madeira e os revestimentos em cortiça conferem uma protecção excepcional.

Não estaremos cá para ver, mas esperamos que as nossas casas possam durar pelo menos tanto quanto as suas irmãs colombage. Ou seja, vários séculos! 🙂

Qual é o preço?

Depende dos modelos e sobretudo do acabamento. O bom método é sempre o de definir à partida um budjet com o cliente. É com base nele que os nossos técnicos farão o projecto final, adaptando os materiais ao seu orçamento. Há modelos de 40 mil euros… até às centenas de milhar de euros. Uma coisa é certa: nenhum modelo tem menos eficiência energética, independentemente do seu preço. A diferença está nos acabamentos e na dimensão, nunca na qualidade dos materiais estruturais ou de isolamento, que são sempre iguais seja qual for o modelo.

Precisam de licenciamento para construir?

Claro que sim! Seguem todos trâmites normais de licenciamento. Elaboramos todos os projectos necessários e os nossos técnicos dar-vos-ão todo o acompanhamento no processo de lienciamento junto da vossa Câmara Municipal.

Quanto tempo levam a construir?

De+ende se é um modelo do nosso catálogo ou se é um projecto totalmente novo, pois vai depender sobretudo do tempo de desenhar e aprovar o projecto por parte dos clientes.

Segue-se o licenciamento da autarquia e depois disso iniciamos todo o processo de produção da casa.

Temos casas construídas em 2 semanas e recentemente construímos uma de 140 m2 em 5 semanas, com dois pisos, dois quartos com WC, sala e cozinha, completamente decorada, mobilada e equipada.

O tempo de preparação e fabrico da estrutura costuma levar 3 a 4 semanas.

No total, se usar um dos nossos modelos, podemos prever um mínimo de 2 a 3 meses para poder entrar na sua casa, dado que depende do tempo que levar a aprovar o projecto e do licenciamento autárquico.

É possível aplicar este método de construção a qualquer projecto?

Em princípio sim. Por favor, envie-nos mais informação ou peça ao seu arquitecto que nos contacte.

Quem é que constrói estas casas?

Escolhemos pequenas empresas de construção locais, que são apoiadas e supervisionadas pelos nossos técnicos.

Assim, contribuímos por um lado para a criação de emprego nas regiões onde implantamos estas casas sustentáveis, e, por outro lado, criamos todas as condições para que haja sempre uma garantia de assistência técnica futura na proximidade.

Precisa de mais informações?

O seu nome (obrigatório)

O seu email (obrigatório)

O seu telefone (obrigatório)

Região

Observações